14.10.10

Ainda sobre as vacas pichadas


protestar-vandalizando que os gaúchos praticam sempre existiu.
(falo com relação ao meu último post sobre as vacas expostas)

Somos, de fato, estourados, faca-na-bota.
Nós temos hábito de quebrar antes de entender bem ...
Trata-se de uma mente primitiva, crua, a ser lapidada pelo tempo para chegar em si.

Brinquei em meu post sobre quem são as pessoas que picham hoje em dia,
colocando-as como alienadas e meio 'burrinhas' ...

Brinquei por que de fato penso que as pessoas que protestam dessa forma,
no presente, fazem-no em alto grau de alienação ...

Na minha juventude, não tínhamos nenhuma prática que não
fosse muito bem embasada teoricamente ...

(faríamos o mesmo com as vacas, mas citando autores para nos justificar socialmente)

Hoje? eles apenas sabem que há umas vaquinhas expostas, e querem detonar!!

...

Eu usei spray escrevendo o que eu pensava da vida pelos muros da cidade ...
Essa foi uma maneira rápida e eficaz de chamar atenção para onde 
eu achava que deveria ser conduzido o debate de alguma questão ...
(hoje já não quero conduzir nada ...)
(claro, naquele tempo HAVIA parede ou muro LIVRE para usarmos ...)

Eu usei spray desde os 15 anos de idade ...
(há 20 anos não o uso mais, que fique claro)

Já fiz, inclusive, uma linda declaração de amor em spray...
(que ficou exposta meses e meses, foi lindo)

[que fique claro que eu fazia pichação e não pixação]
(fazíamos um fundo branco com cal e escrevíamos em cores)
[era decorativo, instrutivo, de utilidade pública]

(os pixadores são só mais um grupo que está e se sente marginalizado, manifestando-se)

...

Bem, voltando ao debate; no fundo, no fundo,  os gaúchos não passam
 de almas infantis, ingênuas, necessitando que lhes dêem limites.

Por outro lado, acabamos por expressar  o que pensamos
de forma franca e sem medo, justo por essa singeleza ...
(quando vemos um evento como o vacuno, temos que fazer algo!)

Beiramos à arrogância, já que fomos a única cidade,
ou o único povo, que vandalizou as vacas, expostas mundo afora  ...

(somos arrogantes, que possamos assumir isso ...)
Não conseguimos ver a porcaria
- quer dizer, a varcaria -
dos outros e ficar de boca fechada ....

....

24 comentários:

fatti___ disse...

amor vim retribuir a visita,pedir desculpas pelo sumiço,ando emprestando o pc para os filhotes e acabo nao podendo visitar minhas lindas e queridas amigas.

saiba que te amo como amiga,as veses precisamos nos afastar mas as pessoas que amamos esta sempre presente dentro de nós,vc é uma delas eu desejo uma noite linda e doce pra vc.

bjinhu em seu cuore minha amada.

fatti___

Guará Matos disse...

Essa molecada esta precisando de uma ideologia pra viver.
Bjs.

reltih disse...

a qué o a quien va dirigida una protestas, siempre es ilegal, ya que ella siempre da en la llaga.

Conde Vlad disse...

Interessante. Te confesso que eu viví uma juventude mais branda e nunca entendí as pixações aqui no Rio, que assim como o seu movimento inicial nos EUA tem por objetivo príncipal demarcação territorial de gangues.

Mais eu já ví em muitos lugares estas declarações de amor, de rebeldia, movimentos sociais, política.

Até acho válido essa subversão como método de exaltação dos pensamentos coletivos.

O que enfeia uma pixação ao meu entender é quando não há mensagem, mais sim assinaturas.

Aqui no Rio, a prefeitura decidiu por deixar uma série de pixações que ficou conhecida no mundo todo até pelo conteúdo e beleza, tal qual a mensagem passada, talvez você já tenha visto a famosa frase "Gentileza gera Gentileza", se não conhece digita no Google.

Na Europa há um método de pixação be artística onde o artísta pinta fachadas inteiras de prédios retrantando o popular.

Bom é isso.

Beijos moça Curiosa.
Conde.

Curiosa disse...

Vlad,
minha juventude foi branda ... eu apenas me preocupava em fazer algo socialmente e o fiz de maneira lúdica ...

beijos ..

Curiosa disse...

Reltih,
não sei se captei a tua mensagem .. rsrs

Curiosa disse...

Guará ...
resumiste tudo !
beijos, querido ...

Curiosa disse...

Fatti,
queridíssima ...
fazemos tudo pelos filhos, eu te entendo ... inclusive cedemos o computador ...
rsrs
beijos querida ...

Omar Talih disse...

Acho que é pura falta de cultura e algo mais interessante por fazer. Tal qual aos Urubus em SP. Acho que estão todos perdidos confundem o que é arte e também o que é protesto.

CAMhunterDE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CAMhunterDE disse...

SEXY GIRL AND COUPLE WEBCAM VIDEOS http://CAMhunterDE.blogspot.com

Dri Andrade disse...

Pixações não, mas....alguns desenhos pelas paredes do Rio eu bem gosto, acho trabalho realmente. e é fantástico.

sem mal gosto

bjs

Malu disse...

Curiosa ,


Também faço coro com Guará !




Adorei sua visita ... :)


BjO Grande e um Dia de Sorrisos.

Bill Carson disse...

É sempre interessante as várias formas de expressão.

Sergio Paiva disse...

Quem adorou fui eu, adorei teu Blog, mágico...fantástico!!! Volto sim.

Flavio Ferrari disse...

Toda manifestação é invasiva por natureza ...
Os vândalos foram uma tribo germânica que invadiu o Império Romano no século V destruindo, entre outras coisas, muitas obras de arte.
Dai a expressão "vandalismo", aplicável quando alguém que quer manifestar sua opinião destroi a manifestação do outro.
Eu acho que respeito, embora seja um conceito relativo, é uma necessidade absoluta para a vida em sociedade.
Não gosto de manifestações destrutivas.
Quem destroi provoca uma reação agressiva, e esse é um caminho desagradável para mim.
Sou edonista.

Curiosa disse...

Flávio,
eu sou um pouco mais agressiva do que você, reconheço ...

Fico agressiva quando vejo pessoas morrendo de fome, enquanto outras gastam dinheiro com 'bobagens' ...

fico agressiva diante do que chamamos de 'Humanidade' ...

Curiosa disse...

Sérgio,
grata! grata!

Curiosa disse...

Bill,
concordo ...

Curiosa disse...

Malu,
que bom ...
grata .. e beijos ....

Curiosa disse...

Dri,
como eu disse, os pixadores são somente pessoas excluídas querendo se manifestar ...
(bom gosto é relativo ... a cada um ...)

bj

Curiosa disse...

Omar ...
...não existissem excluídos socialmente, eu aceitaria dizer que o que eles expressam não é artístico ... e ainda, nessas condições eles teriam outra expressão ...

Casal Desiderium disse...

Poder falar...
Poder ouvir...
Poder calar...
Poder pensar...
Poder fazer...

Dever de!
Deformação do poder...
O poder...
Da formação, da informação!

Sabemos dos dois caminhos... ainda não conheço um outro.

Escolhi o meu... nos encontramos lá!


Bjs
Lia

Curiosa disse...

Lia ...
é isso ai!
disseste tudo!
beijos, querida ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...