15.11.10

porque a poeta denuncía uma poetisa presa na Feira do Livro de POA

 


Telma Sherer, Poetisa, Mestra em Literatura Comparada pela UFRGS,
foi presa, dia 12 de novembro, na Feira do Livro de Porto Alegre/RS,
em plena performance poética, intitulada: 'não alimente o escritor'.

[Sim! Ela chegou à Praça, armou suas tralhas, e saiu Poetando, em meio à Feira ... ]

(leia mais sobre o caso no blog da Telma, aqui ou neste outro blog, aqui)

Ela achou que a Praça fosse de todos e para todos!  - a qualquer tempo!

Pensou que a maior feira de livros em espaço aberto da América Latina
não fosse evento elitizado e elitista, e comportasse espaço para livres expressões.

[Nãão! A Burocracia e a Intelectualidade não permitem isso!]
[vai que muitos dos nossos artistas/poetas/escritores marginais resolvam se manifestar!?]
[vai que ela se sobressaia aos convidados!?]
[a Humanidade precisa conter a Humanidade - ela é só para alguns!]
[e então, vira caso de polícia]


6 comentários:

aldrey disse...

Nossa mora em porto alegre,nem fui esse ano na feira...Uma pena..bjs

M. disse...

Por um lado a minha (alguma) simpatia pela poetisa...

Por outro lado...não gosto muito deste tipo de intervenção...
Há outros locais, outros modos...

Too easy...

Guará Matos disse...

Opa, lindona...
Chegou o bom momento, ou o grande dia!
O sorteio esta lançado e você por me seguir e ler-me, convido-lhe a participar. Leia o regulamento e respondas as perguntas. São 20 livros que serão sorteados.
Vamos lá!
Sua participação é o meu grande presente.
JORNAL AFOGANDO O GANSO
http://afogandooganso.blogspot.com

Guará Matos,
@GuararemaMatos

Curiosa disse...

Guará, acabei de dar um pulo no 'afogando' ... grata,querido ...

Curiosa disse...

M.
é a Burocracia em que a Humanidade se colocou ... infelizmente ...
bj

Curiosa disse...

Aldrey ..
perdeste a Feira? bem, háverá muitas outras ...
bjin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...