14.8.11

porque a Escrevente fala de sanidade

penso como Antonin Artaud: 'todos os atos individuais são anti-sociais.
Os loucos são as vitimas individuais por excelência da ditadura social.'

para mim, sanidade está relacionada com estar bem adaptada socialmente ...

faço o mínimo que me é exigido para que me deixem em paz: tomo banho todos os dias, vou ao trabalho, tenho filhos, ganho títulos e valores, pinto as unhas... ou seja, vivo para que me deixem em paz ... e escondo meus delírios para transformá-los em poesias, em blogues anônimos, sob um pseudônimo ... assim garanto que não serei rotulada e internada ...

veja um exemplo do que que está me enlouquecendo atualmente: a cor do meu cabelo ... já contei aqui que estou deixando meus cabelos ficarem com sua cor natural .. o que significa dizer que ficarei totalmente grisalha ... 

eu quase apanho das amigas por isso ... minha mãe acha que é até pecado ... parece que toda a feminilidade e a eroticidade se vão apenas pela mudança na cor do cabelo da mulher !! é difícil convencer que eu acho realmente bela cor que fica, entre os nuances de branco e cinza ...

e preciso aceitar o olhar do outro que me diz: que louca! 
já estou quase pintando o cabelo, antes que tentem me internar!

o que eu faço frente ao mundo insano? um poema!
para não me violentar muito, tento silenciar e poetar ...

8 comentários:

Desejos e Fantasias de Casal disse...

Postagem excepcional...


beijos

Cris e Junior
http://desejosefantasiasdecasal.blogspot.com/

Malu disse...

Está tudo muito bem explicado, amiga!
Beijinhos

Milla de Morpheus disse...

Menininha curiosa e poetisa...
Sim, muitas vezes essa sanidade é o que precisamos para podermos ser insanas. Do coletivo para a individualidade subjetiva existem muitos mistérios, caminhos e escolhas.
Realmente, está explicado!!!

Beijinhos

Milla de Morpheus

Bell disse...

Acho que você respondeu a uma perguntinha...

'Vc quer ter razão ou ser feliz??'

Curiosa disse...

Cris e Jr.
beijo!

Curiosa disse...

Malu, que bom que me entendes ... bjim pra vc ...

Curiosa disse...

Milla, querida, 'do coletivo para a individualidade subjetiva' é onde existimos ... bjim pra vc ...

Curiosa disse...

é mesmo, Bell ...
beijo grande!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...