10.9.11

porque cada dia é uma conquista desta Escrevente


FRENTE AO INSTANTE DA DOR
ou (IN)SANIDADE

a Poeta
atarantada
de um lado para o outro
repete o que recém pensou
e de novo pensa de novo

e de novo
e de novo

a Vida lhe arrancou as vontades

a Poeta encarcerada
a Poeta dilacerada
a Poeta monocromática
em monopensamento possuída
murmura sua ladainha infinita:

- euvousobreviver euvousobreviver

(enquanto a Vida ri, olhando-a de viés)

(Curiosa)


41 comentários:

Mery disse...

Um poema lindo, parabéns por esse post delicioso, como tudo aqui... "cheirinho de prazer, gozo", amei.
Bjus.Mery.

Ivan disse...

mas a tempestade há de passar...
Abraço

Darukian, O Ceifador de Orgasmos disse...

De novo! De novo! Tá pouco! Tá muito, tá reta a poeta, vira a curva!

Desejos e Fantasias de Casal disse...

Sensacional.....



beijos


Cris e Junior
http://desejosefantasiasdecasal.blogspot.com/

wcastanheira disse...

Um poema instigante, levou-me a ler e reler, numa leitura questionante a cada fraze, gosto muito disso, pensar, pensar e tirar suas conclusões, pra vc bjos, bjos e bjosssssssssssssssssssss

Rodrigo Passos disse...

O amor e a literatura coincidem na procura apaixonada, quase sempre desesperada, da comunicação.
Jorge Duran

Rodrigo Passos disse...

Quero para mim o espírito desta frase,
transformada a forma para a casar com o que eu sou:
Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
Fernando Pessoa

Sotnas disse...

Olá Curiosa, desejo que tudo esteja bem contigo!

Sempre tentando nos mostrar sua simplicidade, ela sorri de nossas atitudes que complicam a facilidade que é ela, assim é a vida minha cara Curiosa. Entretanto creio que você está indo bem, sem recorrer a extremos, e, melhor, mantém a lucidez!

E assim escreve estas belas curiosidades em poemas que sempre me fazem pensar, mesmo após reler, sigo pensando!

E grato por tua amizade e visitas eu desejo a você e todos ao redor um intenso e feliz viver, sempre repleto de saúde, amor e muita paz, grande abraço e até mais!

Mar Arável disse...

Um belo ciclo de marés

Rafael disse...

Bello poema...
beijos!

María disse...

Me encanta pasar por este lugar donde siempre encuentro la belleza en su más puro estado.
Mi beso y mi cariño siempre.

Paulo Sempre disse...

Árvores do Alentejo

Horas mortas... Curvada aos pés do Monte
A planície é um brasido e, torturadas,
As árvores sangrentas, revoltadas,
Gritam a Deus a benção duma fonte!

E quando, manhã alta, o sol posponte
A oiro a giesta, a arder, pelas estradas,
Esfíngicas, recortam desgrenhadas
Os trágicos perfis no horizonte!

Árvores! Corações, almas que choram,
Almas iguais à minha, almas que imploram
Em vão remédio para tanta mágoa!

Árvores! Não choreis! Olhai e vede:
--- Também ando a gritar, morta de sede,
Pedindo a Deus a minha gota de água!

Florbela Espanca

Ulisses Borges disse...

"Mas a vida é real e de viés."

Doce Prazer disse...

Olá, parabéns pelo lindo blog, já estou seguindo e aproveito para convidá-la a participar do meu blog,bjs e sucesso!!!

algamarina disse...

Muy bello lugar e interesante, todo su contenido.

Saludos con afecto...

Malu disse...

Esta poeta sempre irá sobreviver porque carrega consigo muita sensibilidade.
Abraços

S.A.D.E.FILIAL VILLA MARIA disse...

La sensibilidad siempre le gana a las tormentas y por la magia de la pluma vuelve a reinar el sol. Bella poesía. Saludos cordiales.

Kalura disse...

un bello poema
en un hermoso blog

Kalura disse...

un bello poema
en un hermoso blog

BelezaSanta! disse...

belo poema!!
bacana outros tb!! sao todos seus?

bjs
nanda
www.belezasanta.blogspot.com
passa lá!!

Sotnas disse...

Olá Curiosa, espero e desejo que tudo esteja bem contigo!

Passando somente pra matar saudades, pois vejo que postou a uma semana, e como sabe amigos são assim mesmo, preocupam-se uns com os outros!
E desejando sempre que você e todos ao redor tenham um intenso e feliz viver eu me despeço deixando um enorme abraço e um até mais!

Curiosa disse...

sotnas, meu amigo ...
gratíssima pela atenção que você me tem ... estou bem ... apenas trabalhando 12 horas por dia ... mas por escolha .... beijo grande e que tudo esteja bem com você e com os seus ...

Curiosa disse...

Beleza santa,
grata!

Curiosa disse...

Kalura ...
grata!

Curiosa disse...

Sade,
gratíssima ....

Curiosa disse...

Malu,
grata,querida ...

Curiosa disse...

algamaria,
gratíssima!

Curiosa disse...

doce prazer,
grata! estou indo vê-lo ...

Curiosa disse...

Ulisses ...
ela é ... eu não disse qu enão ... rsrs .. bjim ...

Curiosa disse...

Paulo sempre ....
grata pelo poema!

Curiosa disse...

Maria,
grata, querida ....
gosto de sua presença ...
bjo!

Curiosa disse...

Rafael,
grata!

Curiosa disse...

Mar,
abraço!

Curiosa disse...

Rodrigo,
belo! grata!

Curiosa disse...

W.
grata, querido ...

Curiosa disse...

Cria e Jr.
abraços!

Curiosa disse...

darukian,
bonito ... :) grata!

Curiosa disse...

Ivan,
gratíssima, querido ...

Curiosa disse...

Mery,
grata!

Emiliano Pardavila disse...

es un placer volver a pasar por aqui... hermosas letras Poeta..
un abrazo enorme para ti

Curiosa disse...

emiliano, querido ...
prazer ter contato com vc novamente ... abraço grande ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...