24.2.11

porque a Escrevente não se reflete fora da Poesia

AUTO-PENITÊNCIA

eu vou escrever somente poesia
vou escrever somente poesia
escrever somente poesia
somente poesia
poesia
poesia
poesia poesia
poesia poesia poesia
poesia poesia poesia poesia
poesia poesia poesia poesia poesia

(Poesia)

16.2.11

estou como a Madame Tutli-Putli


Madame Tutli-Putli embarca num trem noturno,
carregando todos os seus pertences
– incluindo os fantasmas de seu passado.'

ao final da noite, ela está em uma viagem metafísica
de si mesma, encarando seus demonios mais internos,
sem distinguir a realidade de suas criações mentais,
envolvida em uma aventura de suspense, trem afora ...
A animação é obra de Chris Lavis e Maciek Szcrbowski.
(uma das melhores animações que já vi)

[eu estou em viagem interna - e levei todas as minhas coisas] 

11.2.11

porque a Escrevente precisa aprender a ser humilde


 PENITÊNCIA

só por hoje
não vou escrever, senão para Poetar
não vou olhar, senão para a ceitar
não vou amar, senão para Amar

(Curiosa)

10.2.11

corpo e alma sob êxtase


o êxtase é uma momentânea possessão da alma sobre o corpo.
por instantes, a alma revela como seria a Vida sob seu domínio ...

muitos podem pensar que seria impossível viver em êxtase.
não creio. nascemos para a plenitude, um dia lá estaremos.
não acreditasse eu nisso, já teria deixado de existir.


6.2.11

4.2.11

Heroína de Mim

do centro do castelo da minha Vida
subo e desço - entre a mais alta torre
e o mais profundo calabouço

caminho sinuoso  - fere-se
a alma em pontas de desgosto - afiadas

vendo a ilusão que me vai embora
cintilantes Dores chegam em grupo
aproxima-se então o Nada
consome minhas cinzas
a Realidade

porém
brisa suave traz o perfume do Alto 
- a heroína intui sua Dimensão Divina

e a cada vez no topo
sonha com a alegria
ilude-se com a Filosofia
e permite que o mundo a veja
vibrante
na vitória de um instante 
- sem sua máscara de agonia

(Curiosa)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...