25.8.12

porque a Escrevente sobrevive à tentação da morte

A VELHICE

baforeja há tempos em meu cangote
risonha e úmida
lambendo minha pele

levando-me o viço e a frescura
a energia e as vontades

confinada em meu corpo
refém de mim
aguardo o momento da libertação

(Curiosa)

...



SUICÍDIO

morreu
de vergonha
de seus
próprios atos

(Curiosa)

..
sim ... a Escrevente queria desaparecer hoje, envergonhada de ser ela ...
envelhecida por fora, rude por dentro ...
a morte lhe seria um descanso, um afago, um conforto ...

...







6 comentários:

Omar Talih disse...

Este seu post merece atenção. Falar de morte é algo que me fascina pela eternidade implícita no contexto.Já me senti, por várias vezes em seus braços, querendo adormecer, mas, carinhosa como sempre foi, não permitiu que pegasse no sono. A jornada é longa e cansativa, assim, sempre nos pegamos querendo parar no caminho e nos entregarmos a sua meiguice e aconchego... eterno descanso.

Rafalín disse...

Sentido homenaje a Violeta Parra.
Descanse en paz!
Beijos...

Rafalín disse...

¿Qué es un hombre sin sueños? Un simulacro vacío, un recipiente sin contenido, un terrón de ambiciones, miedos, deseos, cálculos y trucos, un ser-para-la-muerte ya está muerto por un tiempo y ya huele, algo que los demás cuenta, pero no a él, se aferra a sus ilusiones, para conocer su medio, su periódico para sobrevivir rana hundido en el fango del pantano.

tomado de Free Press
www.ariannaeditrice.it

Sotnas disse...

Olá Curiosa, que tudo esteja bem contigo!

Curiosamente estou por cá novamente lendo esta tua não menos curiosa postagem!
E penso que talvez seja este um dos motivos pelo que o criador não nos deixou esta facilidade, aceitar o fim como sendo normalidade, ou mesmo que saibamos o que acontece após ele, com certeza. Ou também para não se perpetuar em vão todas as vidas e uma delas a principal que nos propiciou continuar vivendo, mas como por cá estão somente pensamentos escritos, e desejando eu que este fim que anseia seja somente uma maneira de expressão de teus sentimentos digo que e espero seja apenas uma fase a que todos nós simples mortais temos que viver e tentar enfrentar!

Ainda assim esta postagem é intensa e, impressiona como todas as curiosidades que cá compartilha. Parabéns e obrigado por compartilhar estes teus pensamentos. Também agradeço pela amizade e visitas sempre gentis, e desejo que tenha um viver sempre com a intensidade de seu desejo, abraços e até outras curiosidades tuas!

Marcia disse...

Em alguns momentos me vi,,,bjo!

Odair Ribeiro disse...

Simplesmente divina!


Inesquecíveis recordações.


abração!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...