14.12.12

porque a Escrevente ficou sem título ... mas falará dela

NOSSO GOZO

sob tuas mãos de voragens
em dimensão paralela
- de mim
reconstruo
meu corpo de areia

em uma curva no tempo
da luz dos teus olhos
- em mim
reencontro
a alma que me permeia

(Curiosa)

..




3 comentários:

António Eduardo Lico disse...

Bela poesia.

Yohana Sanfer disse...

Poesia passeando pelas tuas palavras. Gostei daqui. bjs

SEX IS MY LIFE disse...

Bela poesia.... lindo o texto e a imagem muito show!
Sinto falta de ti!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...