20.8.13

porque a Escrevente poema dores


POEMAS

são uma junção de fonemas
a expressar teoremas
que traduzem emblemas
e nos liberam das algemas
para percebermos o esquema

..

nunca quis escrever poemas
nem viver queria
quanto mais escrever poemas


não fosse
esse nó na garganta
quando cruzo o brilho de um olhar
em um dia de desesperança

não fosse
esse sufoco no peito
quando vejo meus iguais pelas ruas
em tamanha dissemelhança

não fosse

mas é

os poemas passam por mim
revelam-se e imploram:
escreve-me ou te devoro!

(Curiosa da Vida)

13.8.13

porque hoje, o meu amor foi embora

AMORTICÍDIO
(porque hoje, o meu amor foi embora)

a desilusão me embaça os sentidos:
- seria a Dona Morte ali, na penumbra?

caso seja, aceito a visita
- leve-me para o nada
para sua escuridão aconchegante
em um último abraço de mãe

mas saiba
resta-lhe apenas um corpo seco
oco
sem mim

pois eu
eu sou uma outra

sou quem renasce a cada dia
em mim
sem memória de si
etérea
(amortecida já, pelo amor que lhe cruzou)

Curiosa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...